Download fundamentos de producao cinematografica in pdf or read fundamentos de producao cinematografica in pdf online books in PDF, EPUB and Mobi Format. Click Download or Read Online button to get fundamentos de producao cinematografica in pdf book now. This site is like a library, Use search box in the widget to get ebook that you want.



Fundamentos De Produ Ao Cinematografica

Author: JANE BARNWELL
Publisher:
ISBN: 9788582600009
Size: 54.38 MB
Format: PDF, Docs
View: 1912
Download and Read
'Fundamentos de Produção Cinematográfica' introduz a prática colaborativa da produção de cinema. Este livro busca explicar todo o processo de produção que resulta no produto final - o filme. Dividida em 10 capítulos, cada um dedicado a um conceito-chave, esta obra estabelece uma divisão do trabalho dentro da produção cinematográfica e mostra como diferentes departamentos se unem para produzir um filme. São discutidos tópicos como a estrutura da equipe de filmagem, a criação do roteiro, as etapas da produção e a direção, o design de produção, os elementos a serem considerados nas áreas de cinematografia e som, a pós-produção e as questões de produção de sentidos. Um capítulo de apêndice traz ainda uma relação de filmes obrigatórios para qualquer amante do cinema, fontes de consulta e 'minientrevistas' com profissionais da área.

Manual De Produ O Cinematogr Fica

Author: Joyce
Publisher: Clube de Autores (managed)
ISBN:
Size: 13.20 MB
Format: PDF
View: 4341
Download and Read
O objeto de estudo desse trabalho é a produção cinematográfica. O objetivo desse livro é esclarecer através de um panorama histórico da história mundial e brasileira do cinema, os fatos ocorridos durante os principais períodos nesse trabalho citado além de esclarecer o que é o material fílmico, como se divide as funções em uma produção cinematográfica, quais as leis brasileiras imposta pelo Estado após o fechamento da Embrafilme, a fim de favorecer e incentivar as produções cinematográficas e analisar o mercado de distribuição e exibição.

Ver Fazer E Viver Cinema

Author: Humberto Perinelli Neto
Publisher: SciELO - Editora UNESP
ISBN: 8579837588
Size: 10.71 MB
Format: PDF, Mobi
View: 974
Download and Read
O cinema é, muitas vezes, definido como uma linguagem marcada pela "imagem em movimento". Tal definição traduz questão essencial dessa linguagem/arte: o fato de pertencer à modernidade, ou seja, ao processo histórico profundamente relacionado à aceleração das experiências humanas e, mediante isso, à transformação da percepção que homens e mulheres passaram a ter sobre o tempo e o espaço, especialmente a contar do século XIX. Contudo, responsáveis por enorme revolução cultural no século XX, os filmes reuniram em si mesmos as outras artes já conhecidas (a dança, o teatro, a música, a literatura, a pintura e a escultura) e, cada vez mais, deixaram de ser meros "registros do movimento". A contar da criação do cinema (1895), os filmes expressaram uma maneira peculiar de transformar o mundo em discurso, segundo o desenvolvimento de narrativa marcada por um sistema simbólico de produção/reprodução de significados específicos, daí o emprego de expressões como cultura cinematográfica e linguagem cinematográfica, igualmente tradutoras de certa "sensibilidade moderna". Não obstante, o fascínio que o cinema exerce é que o qualifica como um dos discursos mais eficientes na elaboração de imaginários sociais, isto é, por criar certos símbolos, capazes de influenciar na constituição dos códigos de sociabilidade que, por sua vez, se prestaram a diferentes interesses: popularizar hábitos e comportamentos, cumprir determinados compromissos políticos, difundir variadas práticas de consumo, construir certas paisagens imaginárias, mover certos interesses geopolíticos, entre outros. É preciso, entretanto, pontuar que a importância alcançada pelas narrativas cinematográficas guarda vínculo com a transformação histórica do próprio olhar humano. Entre os séculos XVII e XVIII, o observador tendia a ser isolado, imóvel, já que espreitava o mundo exterior por meio de sua vigia ou da inversão de sua imagem, operada pela câmara escura. Com a invenção da fotografia no século XIX, em especial, foi criado um "sistema irredutivelmente heterogêneo de relações discursivas, sociais, tecnológicas e institucionais", agrupado no que podemos considerar como "efeitos da modernização", para nos valer das reflexões de Jonathan Crary, responsáveis por operarem com a decodificação e com a desterritorialização da visão. Tais efeitos guardam relação com a indústria da imagem e do espetáculo, organizada especialmente no século XX.

Nelson Pereira Dos Santos

Author: Mariarosaria Fabris
Publisher: EdUSP
ISBN: 9788531402463
Size: 28.77 MB
Format: PDF
View: 6881
Download and Read
A assimilação das idéias neo-realistas por cineastas brasileiros é o tema deste livro. A autora transita pela Itália de Rossellini, De Sica e Visconti. E, para demonstrar como o cinema brasileiro dialogou com o neo-realismo, analisa duas obras de Nelson Pereira dos Santos: Rio, Quarenta Graus (1955) e Rio, Zona Norte (1957).Mariarosaria Fabris é professora de Língua Italiana na FFLCH-USP e doutora em Cinema pela ECA-USP.

Nova Hist Ria Do Cinema Brasileiro Volume 2 Edi O Ampliada

Author: Fernão Pessoa Ramos
Publisher: Edições Sesc
ISBN: 8594931212
Size: 58.80 MB
Format: PDF
View: 1455
Download and Read
Este segundo volume de Nova história do cinema brasileiro abrange o cinema nacional do pós-guerra até a contemporaneidade, discorrendo sobre o Cinema Novo, o Cinema Marginal, a Embrafilme, a pornochanchada, a crise e a retomada da produção cinematográfica brasileira a partir do final dos anos 1980 até meados da década de 1990, finalizando com um panorama sobre o cinema experimental, o documentário e as ficções cinematográficas contemporâneas até o ano de 2016. Esta edição digital conta com o texto extra "Cinema Novo (1960-1972)", de Bertrand Ficamos, e com a filmografia "Lançamentos de filmes brasileiros de 1969 a 2016", de Luiz Felipe Miranda.

Estado E Cinema No Brasil

Author: Anita Simis
Publisher: Annablume
ISBN: 9788574198071
Size: 37.71 MB
Format: PDF, ePub
View: 4571
Download and Read
Apesar da preferência do público brasileiro pelo cinema nacional, a produção cinematográfica no Brasil nunca foi estável. As razões que impediram a concretização desta indústria de entretenimento é o tema deste livro de Anita Simis. Remontando a história do cinema nacional desde o fim do século XIX até o início do período sob o governo militar de 1964 e privilegiando o aspecto político institucional, a autora mostra a complexidade da relação entre 'Estado e Cinema no Brasil', estabelecendo uma comparação entre o período autoritário e o democrático, e desvenda porque o Estado brasileiro se organizou e o cinema não.

S O Paulo Em Preto Branco

Author: Waldir Salvadore
Publisher: Annablume
ISBN: 9788574195681
Size: 61.78 MB
Format: PDF, Mobi
View: 6496
Download and Read
Nos anos 50 São Paulo assume a condição de maior metrópole nacional, o grande pólo econômico e cultural do país; é também o momento em que tem início uma produção cinematográfica local minimamente regular, vinculada ao acelerado processo regional de industrialização e urbanização. Os anos 60, numa espécie de contraponto à década anterior, vêem as contradições socioeconômicas se acirrarem, precipitando a crise política que culmina no golpe militar de 1964. Passa-se abruptamente de um clima de liberdade de expressão para um de repressão e censura. Um período, em suma de transformações rápidas e intensas com inevitáveis impactos sobre os padrões de sociabilidade da capital paulista. A intenção deste estudo é identificar eventuais rupturas e continuidades no tecido sociourbano da metrópole a partir de uma amostra representantiva da filmografia de ficção local produzida nessas duas décadas, privilegiando a análise de aspectos formais e características específicas da linguagem cinematográfica.

Estudos De Cinema Socine Ix

Author: Esther Hamburger
Publisher: Annablume Editora
ISBN: 8574198641
Size: 54.39 MB
Format: PDF, Docs
View: 6351
Download and Read
Este volume traz uma seleção de textos que apresenta o estado da reflexão sobre o campo do audiovisual no Brasil, que vai se afirmando de maneira específica, entrecortado pelo estudo de suportes e meios de difusão, abordagens e recortes teóricos e disciplinares.